História da Culinária Japonesa

banner_central_culinaria_japonesa

História da Culinária Japonesa

A Culinária Tradicional Japonesa é basicamente caracterizada pelo arroz branco (gohan), e poucas refeições seriam completas sem ele. Qualquer outro prato servido durante uma refeição – peixe, carne, legumes, conservas – é considerado como um acompanhamento, conhecido como okazu.

É utilizado um tipo de talher diferente, denomidado hashi, conhecidos como “palitinhos”. Originário da China, consiste em dois pequenos bastões de madeira, bambu, plástico ou metal.
As refeições tradicionais recebem seu nome de acordo com o número de acompanhamentos que vêm junto do arroz e da sopa que são quase sempre servidos. A refeição japonesa mais simples, por exemplo, consiste de ichiju-issai (“uma sopa, um acompanhamento” ou “refeição de um prato”). Isto quer dizer que a refeição é composta de sopa, arroz e de algum acompanhamento–normalmente um legume em conserva.

O café da manhã japonês tradicional, por exemplo, normalmente é constituído de misso shiru (sopa de pasta de soja), arroz e algum legume em conserva. A refeição mais comum, entretanto, é conhecida por ichiju-sansai (“uma sopa, três acompanhamentos”), ou por sopa, arroz e três acompanhamentos, cada um empregando uma técnica de culinária diferente. Estes acompanhamentos normalmente são peixe cru (sashimi), um prato frito e um prato fermentado ou cozido no vapor – ainda que pratos fritos, empanados ou agri-doce podem substituir os pratos cozidos. O Ichiju-sansai normalmente se encerra com conservas como o umeboshi e chá verde.

Esta visão japonesa de uma refeição é refletida na organização dos livros de culinária japoneses. Os capítulos são sempre ordenados de acordo com os métodos culinários: alimentos fritos, alimentos cozidos e alimentos grelhados, por exemplo, e não de acordo com os ingredientes em particular (ex.: galinha ou carne) como são nos livros ocidentais. Também podem existir capítulos dedicados à sopas, sushi, arroz etc.

Como o Japão é uma nação insular, seu povo consome muitos frutos do mar, além de peixe e outros produtos marinhos (como algas).

O macarrão, originado na China, também é uma parte essencial da culinaria japonesa. Existem dois tipos tradicionais de macarrão, soba e udon. Feito de farinha de centeio, o soba é um macarrão fino e escuro. O udon, por sua vez, é feito de trigo branco, sendo mais grosso. Ambos são normalmente servidos com um caldo de peixe aromatizado com soja, junto de vários vegetais. Uma importação mais recente da China, datando do início do século XIX, vem o ramen (macarrão chinês), que se tornou extremamente popular. O Ramen é servido com uma variedade de tipos de sopa, indo desde os molhos de peixe até manteiga ou porco.

Referências

HOSKING, Richard. A Dictionary of Japanese Food. Tuttle, 1995. ISBN 0-8048-2042-2
KAMAKURA, Isao. (1999). Table Manners Then and Now. Japan Echo 27, No. 1.
TSUJI, Shizuo. Japanese cooking: A simple Art. Nova York: Kodansha International/USA, 1980.

Fonte: Nikkeyweb